Gastrite Enantematosa

Uma pessoa com a barriga normal na parte da manhã e depois do almoço a barriga incha ao ponto de parecer que está grávida não está tudo normal como pode aparentar, mesmo porque os sintomas variam de pessoa para pessoa, algumas sentem alguma coisa e outras não sentem nada mais do que o mal estar causado pelo inchaço.

Existem pessoas que mesmo com algum tipo de doença são resistentes e não se dão por vencidos, e quando procuram um médico é solicitada uma endoscopia para detectar o problema, a probabilidade é que seja algum tipo de gastrite, e no caso dessa pessoa a endoscopia foi feita e o diagnóstico foi que comprovou uma gastrite enantematosa.

A gastrite enantematosa é uma inflamação do epitélio estomacal onde há um ferimento na mucosa, quando referida como gastrite enantematosa antral, trata-se de uma inflamação com lesão de mucosa na região do antro, (o antro é a parte final do estômago).

Quando a lesão é no esôfago, parte anterior do estômago, a alteração é conhecida como esofagite, e tem origem no refluxo gastro esofágico.

Um exame endoscópico em consultórios médicos especializados verifica se existe a gastrite crônica ou aguda, se existe infecção pela bactéria Helicobacter pylori, ou se é uma gastrite nervosa.

Uma vez que seja detectada a gastrite deve ser adotado o tratamento médico próprio e a dieta alimentar recomendada para a gastrite enantematosa específica.

O tratamento a base de remédios para a azia e gastrite enantematosa é feito com remédios chamados de Esomeprazol, Nexium, Pantoprazol, Rabeprazol, Aciphex e Pariet, existem outros remédios, mas fica o alerta para que não sejam tomados sem acompanhamento médico.

Dependendo do tipo da gastrite, é possível melhoras significativas e até a cura total com remédios naturais como chá de espinheira santa, suco de limão, suco de batata inglesa, suco de couve e suco de mamão, mas é preciso que o médico seja informado sobre o uso de qualquer tipo de remédio natural.

Referências:
[1] Bibliomed.

 
  Compartilhar Link no Facebook
 
Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.

Pense no meio ambiente antes de este link.