Objetivos da Propaganda

Os anunciantes devem estabelecer objetivos claros que determinem se a propaganda deve informar, persuadir ou relembrar aos compradores.

Esses objetivos devem basear-se em decisões anteriores sobre o mercado-alvo, posicionamento e mix de marketing, o principal objetivo da propaganda é uma tarefa específica de comunicação a ser realizada para um público-alvo específico durante um determinado período.

Veja a seguir, os exemplos dos objetivos da propaganda:

Se o objetivo é informação:

Informar o mercado sobre um novo produto
Sugerir novos usos para um produto
Informar o mercado sobre mudança de preço
Explicar como é o produto
Descrever os serviços disponíveis
Corrigir falsas impressões
Reduzir os temores dos compradores
Construir uma imagem da empresa

Se o objetivo é persuadir:

Criar preferência de marca
Estimular a troca de marca
Mudar as percepções do comprador sobre os atributos do produto

Persuadir os compradores a comprarem logo
Persuadir os compradores a receberem uma visita de venda

Se o objetivo é lembrar:

Lembrar os compradores de que o produto pode ser necessário no futuro próximo
Lembrar os compradores onde comprar o produto
Manter o produto lembrado pelos compradores durante a baixa estação
Manter o máximo de conscientização do produto

O orçamento da propaganda baseia-se na disponibilidade de gastos da empresa, em uma percentagem de vendas, nos gastos do concorrente, ou em objetivos-tarefas.

A decisão de mensagem exige a definição do alcance, freqüência e impacto das metas, a seleção dos principais tipos de mídia, a escolha de veículos específicos, determinação da cronologia da mídia.

As decisões de mensagem e mídia devem ser estreitamente coordenadas para que haja o máximo de eficiência nas campanhas.

Finalmente, a avaliação da propaganda exige a mensuração dos efeitos da comunicação e a mensuração dos efeitos sobre as vendas antes, durante e depois da campanha de propaganda.

Embora considerações semelhantes sejam necessárias quando são tomadas decisões internacionais de propaganda, essas situações apresentam mais complexidades que não ocorrem nas situações nacionais.

Nos últimos anos tem havido um rápido crescimento na promoção de vendas, a promoção de vendas engloba uma grande variedade de ferramentas de incentivo no curto prazo, cupons, prêmios, concursos, descontos, destinadas a estimular os consumidores, o comércio e a própria força de venda da empresa.

Os gastos com promoção de vendas exigem a definição de seus objetivos, seleção das ferramentas, desenvolvimento, pré-teste e implementação do programa e avaliação dos resultados.

As relações públicas, que envolvem a obtenção de publicidade favorável e a criação de uma imagem positiva para a empresa, é a menos usada das três principais ferramentas de promoção, embora tenha grande potencial para construir conscientização e preferência.

As principais decisões de relações públicas são: definição de seus objetivos, escolha das mensagens e veículos, implementação do plano, e avaliação dos resultados.