Quer comprar coisa boa e barata? Afirmo que essa possibilidade até existe, mas só na publicidade.

Existe o que é bom e o que é barato, mas se as duas opções são oferecidas juntas, tem alguma coisa errada, na vida real o bom e o barato não andam de mãos dadas.

A técnica mais usada para vender é oferecer a mercadoria barata, e junto com o valor digamos, acessível, ou mais barato a oferta que o produto é bom.

Na verdade, essa técnica é ultrapassada e só funciona para quem ainda insiste na velha e mentirosa lei de Gérson dos anos 70, mais da metade dos que fumaram cigarros vila rica morreram de câncer, qual foi a vantagem?

Para quem não sabe, a expressão “Lei de Gérson”, é uma referência à uma propaganda televisiva de 1976, contratada pela fabricante de cigarros J Reynolds, dona da marca de cigarros Vila Rica, com objetivo de divulgação do produto.

O vídeo apresentava como protagonista o meia-armador Gérson, que era jogador da Seleção Brasileira de Futebol.

No comercial, ele dizia: “Por que pagar mais caro se o Vila me dá tudo aquilo que eu quero de um bom cigarro? Gosto de levar vantagem em tudo, certo? Leve vantagem você também, leve Vila Rica!”.

A associação do bom e do barato no mesmo produto é um desejo dos consumidores em geral, mas na prática, o bom e o barato não estão no mesmo produto, salvo em raríssimas exceções e por motivos de desapego ou descarte.

Finalmente, acho que se fosse citar as coisas “importadas” do Paraguai já teria uma boa fonte de referência.

Basta observar que um determinado produto tem vários preços, funciona mal e mal, e à medida que o valor vai ficando mais caro, o produto aparece mais robusto, mais durável e com melhor acabamento.

Nos supermercados, as promoções de “bom e barato” tem uma característica, digamos inusitada e despercebida da maioria dos consumidores: A grande maioria dos produtos em promoção são de produtos com prazo de validade próximo de vencer.

Poderia escrever sobre esse assunto, textos intermináveis, mas acho que com essas poucas linhas alcancei meu objetivo.

Sobre o Bom e Barato